Páginas

Especial de Ano Novo: Unhas


Por Giovana Reis

Oiii pessoas tudo bem?
Para dar continuidade ao nosso Especial de Ano Novo (que já começou com super dicas de looks que a Lígia deu e você pode conferir aqui) vou dar mais uma dica de esmaltação para te inspirar nessa virada de ano, já é uma unha mais complicadinha de se fazer por causa do desenho da filha única, misturei uma francesinha na diagonal, filha única, muito brilho e um desenho de uma estrela na filha única. (ficou meio escondida mas da para ver bem na foto) 






























Utilizei o esmalte Chic Pele da Colorama e Ouro Nobre da Impala Festa para a francesinha, o preto é o de sempre Black da Colorama, o esmalte da estrela é o Lobo Branco da Realce. Não tem muito segredo para fazer a francesinha, o traço preto é feito com um pincel e a estrela também, para finalizar passei o esmalte Nuvem de Paete da Risque Color para dar o brilho. 


Então por hoje é só, espero que tenham se inspirado para a chegada de 2015! Desejo a todos um ótimo ano novo, que 2015 traga muitas coisas boas na vida de todos! Beiijos; 
docevenenoblog@hotmail.com

Especial De Ano Novo: Inspirações

Por Lígia Tabarelli

Oi genteee, tudo bem?? Enquanto vocês leem esse post, eu estou de férias viajando, pegando um bronze e descansando, hehe. Espero que tenham curtido nosso especial de Natal e que curtam nosso especial de ano novo que vem por aí.

Fiquei responsável pela parte de maquiagem, cabelo e roupa, o que eu adoro! Peço desculpas porque não consegui fotografar nada meu, mas aqui vão algumas inspirações e dicas.

Bom, geralmente o pessoal passa o ano novo na praia. Ano passado, eu e Amaralina passamos a virada do ano na casa de praia da Gabi, foi muito legal. Para essas ocasiões quentes, sugiro prender o cabelo e uma make bem leve, se possível sem passar base no rosto, apenas esfumar um pouco os olhos e se quiser um batom matte.

Ano Novo incrível!
Aqui vai uma inspiração de cabelo preso para quem vai passar a virada do ano na praia. É super fácil e fica lindo! Fazer um coque despojado também fica chique :)




Para maquiagem, como eu disse, prefiro algo leve e esfumado, porque pelo menos se borrar não vai aparecer tanto. Olha que olho lindo e rápido de fazer: primeiro passe um lápis marrom rente aos cílios superiores e com um pincel fofo e sombra marrom opaca esfume toda a sua pálpebra, subindo até acima do côncavo. Passe também rente aos cílios inferiores, para dar um ar de esfumado. Depois pegue uma sombra cintilante (pode ser prata ou dourado, depende do seu gosto) e passe na sua pálpebra móvel, esfumando com o marrom. Passar lápis na linha d´água é opcional, para a praia eu não passaria. Depois é só caprichar no rímel e não há necessidade de passar delineador, principalmente se estiver muito quente.


Agora, falando na roupa, geralmente eu não uso branco, acho que não tem nada a ver, o que eu faço todo ano é comprar uma roupa nova para usar, mas confesso que uma roupa branca combina muito com praia, então aqui vai algumas sugestões. No primeiro look eu tiraria o chapéu, porque estamos falando sobre uma ocasião noturna, mas coloquei a foto mesmo assim porque acho uma combinação legal de shorts jeans com uma blusinha cropped ou mais larguinha. Outra roupa que não tem erro são os vestidos, estampados ou de crochês, não importa, é fresquinho e fica lindo. Achei esse macaquinho verde super chique, se eu pudesse usar um desses looks no ano novo, eu usaria ele.


Essas foram as minhas dicas para a praia, mas se você for passar em casa, ou vai à alguma festa (eu por exemplo, vou passar a virada no interior, em um hotel ma-ra-vi-lho-so),  então vale apostar no brilho e em uma maquiagem mais ousada, hahaha. Começando pelo cabelo, fica lindo enrolar com um babyliss mais largo e dar aquele efeito de "meu cabelo é natural assim".


Na maquiagem, um olho esfumado com um marrom mais escuro e um delineador vai ficar sensacional. E se quiser ficar ainda mais glamurosa, é só adicionar um pouco de glitter.


Para a roupa, ainda usando vestidos, ficaria lindo uma roupa com brilho, ou deixar o destaque para a saia. Confira algumas opções. Ahh, peguei todas essas fotos do Pinterest, fica a dica para quem quer inspiração, esse site tem muitas fotos legais :D


Espero que tenham gostado das dicas e que possam adaptar ao estilo de vocês. Aproveito para desejar um ótimo fim de ano, que 2015 seja um ano de muita prosperidade, saúde, paz e amor, ainda melhor que o ano de 2014. Eu só tenho a agradecer pelo ano que passou, ele foi muito gratificante para mim em todos os aspectos e desejo tudo em dobro para vocês. 

Obrigada por terem nos acompanhado nesse ano que passou, estamos com muitas novidades para o próximo ano e qualquer sugestão é só nos mandar um email para docevenenoblog@hotmail.com . Volto em breve com mais vídeos e looks, um super beijo :*

Especial: Looks Olivia Palermo

Por: Gabriela Monteiro

Olá meninas, tudo bem?
O post de hoje é o especial dos looks das famosas que já havia um tempinho que não fazia, e a minha escolhida da vez é a Olivia Palermo. Ela é uma socialite que acabou ficando conhecida depois de sua participação no reality The City. Outro momento que fez com que ficasse bastante conhecida foi após boatos de que ela teria enviado um email para  os tops mais famosos de Nova York pedindo para ser amiga deles e para ser chamada para as festas haha. Mas isso não vem ao caso, e sim que ela se tornou uma das mulheres mais influentes no mundo da moda. Seu estilo romântico e feminino e ao mesmo tempo com um toque bem moderno fez com que Olivia se tornasse um ícone da moda. Eu simplesmente AMO seu estilo e separei alguns dos seus looks que mais gosto! Vamos ver?

1-) Dois modelos de calça jeans são bastante usados pelo socialite: a calça jeans skinny, a qual ela normalmente aposta em usar junto com um scarpin que acaba deixando o look mais sofisticado, e também com  sapatilhas que ainda deixam o look chique mas ao mesmo tempo confortável. Na parte de cima costuma usar camisetas jeans, bastante casacos, blazers, cardigans e jaquetas de diferentes modelos. O outro modelo de calça é a destroyed jeans que esta super em alta. Se você for mais discreta pode usar um jeans “podrinho”, ou seja, meio desgastado, no entanto se for mais moderna e for de se jogar haha pode apostar em um jeans bem rasgado (o qual eu adoro). Vale ressaltar que este tipo de calça deve ser usado com uma parte de cima neutra, já que a calça por si só já chama bastante atenção.





2-) Aqui estão alguns dos looks casuais da Olivia. Durante o verão podemos perceber que ela aposta muito em shorts, saias e vestidos. Os shorts variam de jeans, couro, estampado e colorido, e são usados com blusas básicas do tipo malha ou um pouco mais sofisticadas como cetim, seda e chiffon. O look dela também acaba ficando chique por conta dos acessórios, como os óculos, pulseiras, bolsas e os sapatos, desde sapatilhas a saltos. Aqui nas fotos que selecionei ela não apostou tanto nos colares, mas fica como dica outro acessório que vale a pena usar para dar uma incrementada no look.






Bom meninas, é isso! Espero que tenham gostado e se inspirado nos looks divinos da Olivia Palermo. Ela é chiquérrima né? kk Beijos e até o próximo post! :*


Especial de Natal: Séries


Por Giovana Reis

É natal!!!! Aquela época de ficar com a família, trocar presentes, comer até estufar e claro ver muita série!!! (pelo menos no meu caso haha)
Já assisti muitos episódios natalinos de séries variadas, tem episódios de comédia,drama e até de terror, resolvi fazer esse especial com o meu top 3 de episódios de comédia, escolhi esse gênero pois geralmente os episódios dessas séries são menores e você pode assistir e entender, mesmo não acompanhando a série. É legal assistir episódios natalinos, só pra entrar no clima!
Para começar, indico o episódio de natal de Friends: Aquele com o Tatu Natalino (Temporada 7 Episódio 10), Friends na minha opinião é a melhor série de comédia já inventada, assisti as 10 temporadas e fiquei com gostinho de quero mais, não vou falar sobre a série em si como falei nos outros posts sobre séries, mas se você nunca assistiu e não sabe  do que estou falando é só clicar aqui que vai te direcionar a uma sinopse da série da wikipédia ;) Enfim, nesse episódio o Ross tenta ensinar a seu filho Ben, que vai passar o natal pela primeira vez com o pai, sobre o significado do Hanukkah, pois ambos são meio judeus, mas o menino AMA o natal e todos os significados dele, como o papai noel, presentes etc Ross então tenta de ultima hora alugar uma fantasia de papai noel para se vestir e alegrar o filho, porém não encontra a fantasia e acaba com uma de tatu. Risada garantida garanto a vocês, para saber o que acontece é só assistir o episódio!


Em segundo lugar indico o natal de Modern Family: Natal Expresso (Temporada 3 Episódio 10), já falei sobre a série aqui. Nesse episódio a família se reúne e descobre que não vão estar juntos no natal porque cada família vai para um lugar, decidem então fazer um natal expresso, se dividem entre comprar os presentes, o peru, a arvore e as decorações. Entre confusões e desastres a família consegue comemorar o natal do dia 16 de Dezembro haha O final é bem bonitinho vale a pena conferir e dar muita risada!


Por fim, mas não menos engraçado, indico New Girl: The 23rd (Temporada 1 Episódio 9), também já falei sobre a série aqui. Nesse episódio a Jess fica com o dilema do que comprar para o seu namorado, mas ao entregar o presente acaba ouvindo o "eu te amo" e fica constrangida porque não sabe se o ama do mesmo jeito, o episódio tem um A+ porque tem a participação especial do Stephen Amell, o LINDO que interpreta o Oliver Queen em Arrow! Você com certeza vai se divertir com os personagens e suas histórias!


Então é isso! Nós do Blog Doce Veneno desejamos um ótimo natal e boas festas! Até a próxima!

docevenenoblog@hotmail.com

Especial de Natal: O Espírito Natalino na Literatura e Uma Reflexão Sobre o Natal

Por Patrícia.


Hey Folks!!!!


Nesse especial fiquei encarregada de falar sobre livros; até aí tudo bem, sem novidades, vocês estão acostumados comigo falando sobre livros; o problema, ou não, nesse caso é que eu só conheço um livro sobre o tema que valha a pena ser indicado, e alguns contos dos quais não consigo me lembrar os nomes de todos os autores; resultado, vou falar sobre o livro e aproveitar pra me "rebelar" e falar algumas coisas sobre o natal que estão na minha mente há algum tempo.

O livro desse especial não poderia ser outro a não ser A Christmas Carol de Charles Dickens, um clássico lançado pelo autor em dezembro de 1843 para se salvar de dívidas, e que continua a ser lembrado até hoje.


Ps: A tradução mais conhecida desse título em português é "Um Conto de Natal", mas como existem outras, para não causar confusão, mantive o título original em inglês.

Talvez alguns de vocês estejam pensando, "como esse livro pode ser um clássico tão famoso se eu nuca ouvi falar nele?" Pois sim que todos conhecem essa história, ou vai querer me dizer que nunca ouviu falar do velho amargurado e solitário que às vésperas do natal recebe a visita de três fantasmas que o fazem rever sua vida? Isso mesmo, essa é a história dos fantasmas de natal, do passado, presente e futuro.
O livro conta a história de Ebenezer Scrooge, um velho avarento e que odeia a época de natal, além de ser um tanto amargurado e ruim com os outros, principalmente com o único empregado de seu escritório, Bob Cratchit. Acontece que em uma véspera de natal Scrooge recebe a visita de seu antigo sócio Jacob Marley, morto há sete anos, que diz à ele que seu espírito não consegue descansar em paz pois ele não foi bom e nem generoso em vida, mas que ainda há uma esperança para Scrooge e que ele receberá a visita de três fantasmas naquela noite.  Alerta de Spoiler!!! O primeiro fantasma é o Espirito dos Natais Passados, que leva Scrooge por uma viagem por seu próprio passado, quando ele ainda amava o natal. O segundo é o Espírito do Natal Presente, que revela diversas celebrações natalinas pela cidade e no fim revela duas crianças horríveis sob seu manto, a Ignorância  e a Miséria, e pede que os homens tenham cuidado com elas. O terceiro e último é o Espírito dos Natais Futuros, um espírito negro e sombrio que o mostra sua morte solitária. Após a visita desses fantasmas Scrooge se trona outra pessoa, muito mais bondosa e generosa e que ama o natal. Alerta de Spoiler!!!
Esse livro já inspirou diversos especias de natal e alguns filmes, como a animação em 3D da Disney "Os Fantasmas de Scrooge", de 2009.
Esse livro é bem curtinho (daí o título conto), e por incrível que possa parecer em menos de 100 páginas Dickens consegue contar uma história tão boa sobre o espírito natalino que ultrapassa gerações e provoca reflexões profundas sobre a vida no geral. E é nessa ideia de reflexões que vou aproveitar e falar um pouco sobre o que o natal anda representando, na minha visão.

Pessoas, pensem comigo, o que afinal celebramos dia 25 de dezembro? Vocês podem responder "o nascimento de Cristo, sua burra sem cultura", mas a questão aqui não é essa, o que estou querendo dizer é: será que é o natal está sendo aquilo que realmente deveria ser? Vejam bem, quando chega dia 24 de dezembro às 23:59, vocês rezam para Cristo (dependendo de sua religião é claro, eu mesma não sou religiosa)? E se não forem religiosas, pensam em todos aqueles que amam e permeiam sua vida e deseja à todos o melhor do mundo com todo seu coração? Aproveita essa época tão linda e maravilhosa para praticar coisas boas, como o amor ao próximo, para "fazer o bem sem olhar á quem", como já dizia o ditado? Para olhar para dentro de si e perceber o que pode fazer para, não só se tornar alguém melhor, mas também para tornar o mundo um lugar melhor? Eu posso estar sendo injusta e generalista ao dizer isso, mas aposto que a maioria pensa na comida, nos drinks, e principalmente nos presentes (os que se vai ganhar é claro), e se esquecem do verdadeiro espírito de natal.
Eu não estou aqui querendo pregar nada, nenhuma religião ou credo, mesmo porque acho que o espírito natalino transcende qualquer religião; o que estou tentando fazer é uma reflexão sobre o verdadeiro significado do que chamamos de "Natal". 
Penso que essa data tão especial não deveria ser uma celebração ao Papai Noel consumista que conhecemos hoje, que nos quer vender Iphones, Ipads, Coca - Cola, brinquedos e até mesmo o peru natalino; essa data deveria ser uma celebração ao original São Nicolau, figura generosa que reza a lenda ajudou três moças a se casarem, e que depois inspirou as pessoas a pendurarem suas meias nas lareiras para esperar seus presentes. Acho que em algum lugar do caminho perdemos o rumo e nos esquecemos de que o natal é uma época de reunir aqueles que amamos e celebrar o amor, a paz, a união, a amizade, ..., e não só mais uma oportunidade de sair em compras desesperadas pelos centros comercias de sua cidade, ou postar selfies com gorro de papai noel e praticar seu narcisismo. Acho que o ponto que estou querendo alcançar aqui é que, se o papai noel fosse realmente um velhinho bondoso que entrega presentes na véspera de natal às crianças que se comportaram bem, nós já o teríamos matado uma altura dessas com tantos pedidos, exigências, reclamações, muitos "eu quero!" e poucos "obrigada", muito receber e pouco dar.
Tudo isso pra dizer para vocês usarem esse natal para sair com seus amigos, reunir sua família; se onde você mora tem neve, saia lá fora e construa um boneco de neve, se não nevar, e sim fizer um calor infernal vá num parque ou praia e aproveite o dia, guarde esse momentos especiais com você; e talvez o mais importante, não pensem tanto nos presentes, não brigue com seus pais por não ter ganhado um Iphone 6 plus, mas sim agradeça por todo o amor e carinho que eles te dão, porque nesse caso, a máxima de que "o que é a intenção e não o presente" nunca foi tão verdadeira. Nesse natal pense que o que levamos conosco toda nossa vida não são as TV's 42 polegadas, os Smartphones, ou os consoles de videos game, e sim os momentos que vivemos, as pessoas que passam por nós e os sentimentos que elas deixam; por isso esqueça os presentes e vá se sentar à mesa com aqueles que te fazem feliz e aproveite a ceia de natal!


Me desculpem pelo longo post e também por ter divagado um pouco, mas realmente espero que todos tenham um excelente natal e um ano novo melhor do que o ano que passou. HO HO HO e muitas felicidades!!!!!
docevenenoblog@hotmail.com 





Especial de Natal: Filmes

Por: Amaralina Silva

Olá pessoas, voltei para esse especial de Natal porque essa é uma época que eu adoro por ser sempre um tempo para passar com a família, em que a cidade fica muito iluminada e nós renovamos os nossos votos de esperança para que nosso Natal seja bom e o ano novo melhor ainda! Eu começo esse especial com meus filmes preferidos com temática natalina, até porque essa é a época em que podemos ficar mais tempo em casa e podemos assistir esses filmes, então se você quiser alguma dica para poder aproveitar essa época de Natal, me acompanhe nesse post (:

OBS: Clicando no título dos filmes, você poderá assitir ao trailer dos mesmos. 

Gente, esse filme é TUDO!! Lindo, apaixonante, se passa no Natal da Inglaterra, os atores todos com sotaque britânico, enfim...sou apaixonada por esse filme e eu o indico para quem tem um tempinho para assistir um filme com quem gosta. A história em si, não é muito inovadora, mas se trata de diferentes histórias de amor, que tem como pano de fundo o Natal, ou seja, tem o primeiro-ministro que se apaixona pela secretária, uma funcionária que se apaixona por ninguém menos que Rodrigo Santoro (!!!) que interpreta seu colega de trabalho e claro, um menino que encontra o primeiro amor. A trilha sonora também merece atenção viu...Olha, esse filme é uma graça, eu super recomendo. (Se você decidir assistir, preste atenção à cena em que Mark apareceu à porta de Juliet com vários cartazes, é uma das cenas mais lindas que eu já vi, sério!). 



Eu tenho esse filme em fita cassete aqui em casa, e eu o assisti por praticamente toda a minha infância durante a época de Natal, por isso ele não pode faltar aqui! Macaulay Culkin é Kevin, um menino esquecido pela família quando estes vão viajar para passar o Natal longe de casa. Sozinho, Kevin finalmente pode experimentar o que é viver como um adulto, até a chegada de dois bandidos que estão dispostos a roubar a casa do menino. Esse filme marcou a vida de Macaulay Culkin por lançá-lo ao estrelato, mas é também um filme super engraçado, que eu acredito que toda a minha geração já deve ter visto e se não viu, deveria ver já! É interessante também porque dá uma ideia de como é o Natal para os americanos.



É um filme bem bobo, mas vale para relaxar e para assistir com a família nesse Natal, além do fato de contar com a atuação da sempre maravilhosa Kate Winslet. Kate interpreta Iris que sai da Inglaterra para morar na casa de Amanda Woods (interpretada por Cameron Diaz), enquanto Amanda vai morar na casa de Kate na Inglaterra. A diversão começa quando Iris, ao chegar a cidade, se encanta com um roteirista de cinema aposentado e também com Miles que é ex-namorado de Amanda, já Amanda, conhece e se apaixona por Graham (interpretado pelo maravilhoso Jude Law) que é irmão de Iris...enfim, uma confusão das boas que vai te render algumas risadas, até porque o Miles ali, é interpretado pelo Jack Black...já viu, né? Super recomendo.


Olha, eu vi esse filme no cinema, na companhia da minha mãe e posso te dizer que é um dos filmes mais lindos que eu já vi em toda a minha vida. Eu amo o Tom Hanks então, sou suspeita para falar dos filmes dele, mas essa animação, ele se superou. O filme tem uma fotografia linda demais e conta a história de um menino que não acredita muito no Natal e na véspera do mesmo, resolve ir dormir mas, acorda com o barulho de um trem, o condutor (Tom Hanks) o convida para uma viagem até o Polo Norte e ele aceita, ai a magia começa...se você tem primos, irmãos, sobrinhos, etc que são crianças, vale a pena assistir essa animação com eles, é linda demais!


Eu tenho HORROR a esse personagem do Jim Carrey, eu juro que se eu ver esse bicho na rua, eu corro e nunca mais paro!! Mas, o filme é bem bacana e claro, se passa na época do Natal. Jim Carrey é o Grinch, um bicho verde e mal-humorado que vive dentro de um floco de neve, e tenta acabar com o Natal, por isso ele tem como objetivo colocar a felicidade das pessoas em risco nessa época do ano, enquanto uma garotinha tenta convencê-lo a não fazer isso. Filmes com o Jim Carrey são sempre bem engraçados, por isso, eu recomento também.


Esse filme é uma gracinha e foi dirigido pelo sempre criativo Tim Burton. O filme conta a história de Jack que vive na cidade de Halloween, em que todos sempre se ocupam para organizar o Halloween do ano seguinte, mas Jack já se mostra muito cansado dessa rotina e resolve vagar pela floresta, caindo sem querer em um portal que o leva a outros tipos de festividades, assim ele conhece o Natal. Encantado, Jack volta a cidade de Halloween e tenta convencer os moradores de lá a sequestrar o Papai Noel, e mesmo sem a aprovação de sua namorada Sally, o Papai Noel é sequestrado, mas com o tempo Jack começa a perceber que essa não foi uma boa ideia.

Bom pessoal, esses são os filmes que tem como tema o Natal, que eu assisti e que recomendo a vocês, espero que vocês gostem das dicas e se vocês souberem de mais algum bom filme dessa época do ano, é só deixar nos comentários, aqui ou em nossas redes sociais. Feliz Natal, que você aproveite muito com as pessoas que ama, um beijo e até mais!
docevenenoblog@hotmail.com





Inauguração Forever 21 - Shopping Bourbon

Por Lígia Tabarelli

Oiiiiii gente, tudo bem? Deixando de lado o meu sumiço mais uma vez (esse semestre apesar de ótimo foi muito puxado, saindo de casa sempre muito cedo e chegando sempre muito tarde.. haha), eu vim mostrar a festa de inauguração da Forever 21 no Shopping Bourbon aqui em SP no dia 20/12 (Sábado).



Antes das fotos e mais comentários sobre a nossa impressão da loja, assistam o vlog que fizemos. Obrigada Gi por editar J



Como prometido no vídeo, aqui vão algumas fotos que tiramos no provador.



Agora falando um pouco mais sobre o que achamos da loja: eu e Gi já fomos na F21 dos Estados Unidos, ela foi em Boston e eu em Nova York, mas não tem comparação com as lojas de lá, porque há muito mais variedade do que aqui, sem contar com o preço e o tamanho (fui em uma de Nova York que tinha 3 andares e a coisa mais cara que eu encontrei era de US$30).


Temos que ser realistas: aqui no Brasil tem muito imposto para tudo, então se formos comparar com outras lojas de departamento do Brasil como Renner, Riachuelo e C&A, os preços estão bem competitivos, chegando a ser até mais barato (tinha uma camisa de seda na F21 por apenas R$40, enquanto uma similar na Renner está por R$100). Vale a pena comprar.


No entanto, percebemos que praticamente todas as roupas da loja estavam com remarcação de preço (por exemplo, a saia que acabou saindo por R$29,90 no caixa estava por R$49,90 mas ao tirar a etiqueta o preço era de R$41... e o cropped que eu paguei R$29,90 na verdade era para custar R$24,90). Claro que mesmo assim as roupas estão baratas, mas pensa o quanto mais eles lucraram por aumentar alguns reais a mais.



Como a Gi já disse, não tinha sapato, roupa íntima e ala masculina. Mas compensa comprar vestidinhos, blusinhas e calças jeans, além dos acessórios. A forma de pagamento pode ser com cartão de débito, crédito (parcelando em até 3x) e dinheiro J. De pontos negativos, achei que não pegou muito bem essa remarcação de preço, deveria ter mais provadores para agilizar a fila, as bolsas eram bem caras, por volta de R$135 e falta mais roupa social.


Espero que tenham gostado, fiquem ligados que essa semana será dedicada ao Natal e Ano Novo. Nos vemos em breve, é sério, hahaha. Beijos :*
docevenenoblog@hotmail.com

Dica de Leitura: eleanor & park de Rainbow Rowell

Por Patricia.


Hey Folks!!!!


Gostaria de começar dizendo que esse livro foi especial pra mim, e muito das opiniões sobre ele nesse post se devem a coisas pessoais minhas; então não levem tudo muito à sério.
Com mais um livro da série de férias(yaaaaay!!!!), dessa vez temos eleanor & park de rainbow rowell; e não, eu não estou ficando louca e esqueci de colocar letra maiúscula, se vocês lerem o livro vão entender.




Primeiro um pequeno resumo do livro: Eleanor é uma garota ruiva, "gorda" (ainda não decidi se ela é mesmo ou só pensa que é) e que se veste de um modo um tanto quanto peculiar, pra não dizer estranho. Park é um mestiço coreano (o pai é americano e a mãe coreana) que luta taekwondo, adora ler comic books (me recuso a chamar de gibis) e ouvir pós-punk.
Um dia Eleanor entra no ônibus de sua nova escola e a única pessoa com um "banco só dela", ou seja, desocupado, que deixa ela sentar é Park, mas não sem antes "presenciarmos" uma cena um tanto constrangedora. A partir daí ele começa a perceber que ela lê suas comics com ele e eles começam um tipo de amizade, que vai se aprofundando através das revistas e de músicas que eles compartilham; e então, como todos podem adivinhar, eles se apaixonam.
Até aí tudo muito bem tudo muito bom, só que o problema é que Eleanor é uma garota problemática com problemas, e não, isso não tá escrito errado. Eu não vou falar sobre os problemas dela porque seria spoiler, mas posso dizer que eles transformam o romance deles em algo difícil e conturbado, muito diferente do que deveria ser um primeiro amor juvenil.

Agora vamos as minhas opiniões profundas e pessoais (hahahahahaha). Eu comprei esse livro quando fui procurar o presente da Gi, que como vocês sabem fez aniversário esse mês; então eu o vi e pensei, nossa que legal, um livro sobre uma história de amor imperfeito entre dois adolescentes que se passa nos anos 80 (esqueci de comentar isso no resumo) e ainda por cima que tem como pano de fundo algumas das minhas bandas favoritas! Não pensei duas vezes e comprei; comecei a ler no dia seguinte e teria terminado naquele dia mesmo não fosse por um motivo: aquilo tudo era demais pra mim.
Veja bem, o livro não é ruim, muito pelo contrario, é muito bom, acima da média para um young adult, mas o fato é que a história de amor nele relatada é tão sincera e comovente que quando as coisas não saem como deveriam, aquilo te deixa perturbada e à beira das lágrimas (no meu caso um tanto além da beira, devo admitir). Esse livro nos lembra de que o amor não é aquela coisa perfeita mostrada nos contos de fadas, mas que mesmo assim, não deixa de ser lindo e emocionante; prova disso é que a pobre Eleanor sofre de sérios problemas de auto confiança e o Park está sempre lá ao lado dela, suportando toda a loucura em nome do amor que sente por ela.
Resumo da ópera; esse livro é lindo, profundo, mas ao mesmo tempo divertido e engraçado. A melhor definição que posso fazer dele é "uma doce tortura", principalmente o final... (mistério)

Aliás, esse livro deveria vir com uma trilha sonora, e a própria autora sacou isso e fez a sua própria que pode ser vista aqui no site dela onde há links pra vocês escutarem no spotify. Mas o caso é que eu adoro as bandas que aparecem nesse livro e não podia deixar de fazer a minha própria trilha, por isso fiz essa playlist no youtube do blog pra todo mundo poder ouvir, é só clicar no link. Eu coloquei as músicas que a aparecem no livro e algumas outras das mesmas bandas que eu achei que se encaixam perfeitamente.

Bom pessoal é isso, espero que gostem do livro o achem tão estimulante quanto eu.
Beijos e até a próxima!
blogdoceveneno@hotmail.com



Layout exclusivo do blog - Doce Veneno | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©